Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 07 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Tragédia

07/01/2018 - 20h30min. Alterada em 07/01 às 22h01min

Jornalista e professor gaúchos morrem afogados no litoral do Uruguai

Pandolfi passava as férias com a família em uma praia próxima a Punta Del Este

Pandolfi passava as férias com a família em uma praia próxima a Punta Del Este


Arquivo Pessoal/Facebook/JC
Dois amigos e um destino. O jornalista Robson Pandolfi e o professor de História Alexandre Blankl Batista acabaram morrendo afogados após saírem para nadar no mar no litoral do Uruguai neste sábado (6). Os dois gaúchos passavam férias com as suas famílias no balneário de Portezuelo, próximo a Punta Del Este. 
O sepultamento será na cidade natal de Robson, Mariano Moro, no interior do Rio Grande do Sul. Enquanto que o de Batista deverá ocorrer em Marechal Cândido Rondon, no Paraná, onde ele tinha residência. Por meio de nota, o Itamaraty informou que “o Consulado-Geral do Brasil em Montevidéu está acompanhando o caso dos brasileiros falecidos, e está em contato com seus familiares. Por questões de privacidade, o Itamaraty não informa detalhes sobre o caso”.
Robson se formou em Jornalismo no IPA em 2010, era especialista em Política Internacional pela Pucrs, e mestrando em Computação Aplicada, na Unisinos. Foi professor de Jornalismo e de Relações Internacionais na Uniritter até o ano passado e era sócio-fundador da República - Agência de Conteúdo. Teve, ainda, passagens pela Giornale e pela Santo de Casa. 
Alexandre Blankl Batista nasceu em Viamão, na Região Metropolitana, era casado e dava aula de História na Unioeste, no Paraná.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia