Alívio do estresse: na empresa de Nicolas, uma das salas de reuniões conta com um saco de pancadas Alívio do estresse: na empresa de Nicolas, uma das salas de reuniões conta com um saco de pancadas Foto: /MARCELO G. RIBEIRO/JC

3yz aposta no ambiente descontraído como ferramenta de gestão

Cabeça arejada produz mais e melhor, acreditam os sócios

Piscina de bolinhas no escritório, uma sala de reuniões com saco de pancadas, inspirada nos octógonos de UFC, outra com arquibancada e ares do estádio argentino La Bombonera, além de uma copa confortável para lanches e almoços. É com espaços assim que a agência de propaganda digital 3yz, de Porto Alegre, procura manter os colaboradores com a cabeça arejada para o trabalho. E, pelo visto, dá resultados: com sede também em São Paulo, há dois anos, a empresa foi comprada pelo grupo britânico WPP, o maior de publicidade no mundo. 
"Ninguém consegue ficar oito horas por dia concentrado. A pessoa sai, faz outra coisa, dá um tempo, depois volta com tudo", salienta o sócio-diretor Nicolas Motta, 35 anos, que comanda a agência ao lado de Roberto Sirotsky, 30. Os dois afirmam que, por se tratar de um negócio em que o serviço exige esforços basicamente intelectuais, esses intervalos para desanuviar são essenciais. 
A interação e os momentos de troca de ideias também são pontos importantes, por isso a ausência de divisórias na operação - até para a diretoria - e as salas de reuniões despojadas.
MARCELO G. RIBEIRO/JC O mini-auditório da empresa reproduz uma arquibancada, inspirada no estádio La Bombonera | Foto: Marcelo G. Ribeiro/JC
"Tem uma quantidade de clientes que, quando vieram aqui pela primeira vez, quiseram entrar, tirar fotos, fazer Instagram stories na piscina de bolinhas. Gera um envolvimento legal", observa Nicolas. Ele conta, também, que não é incomum que, depois do almoço, alguém aproveite o espaço para tirar uma soneca no meio das esferas coloridas.
Algo que fica visível na 3yz é que os ambientes não perdem o caráter de trabalho, embora a descontração. Junto à piscina de bolinhas há mesa, cadeiras e quadro para anotações e apontamentos. Isso faz parte de "dar as ferramentas para que as pessoas possam realmente produzir de acordo com seu humor e o tema do momento", enxerga Nicolas. "Não é uma questão de imitar o Google, mas sim de proporcionar um ambiente legal e acolhedor para trabalhar. As pessoas passam muito tempo aqui", complementa Roberto.
Há, inclusive, uma pequena mesa de DJ no hall de entrada, onde, uma vez por mês, são realizadas festinhas com chope e encontros para compartilhar as notícias da empresa naquele período.
MARCELO G. RIBEIRO/JC
MARCELO G. RIBEIRO/JC
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio