Porto Alegre, sexta-feira, 12 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Gregos entram em confronto com a polícia durante protesto contra austeridade

Milhares de gregos contrários às políticas de austeridade implantadas no país vêm realizando greves e manifestações nesta semana. Na quinta-feira (11), eles se reuniram em frente à residência oficial do primeiro-ministro, Alexis Tsipras, e nesta quinta-feira (12), mais de 8 mil manifestantes entraram em confronto com a polícia em frente ao parlamento grego, em Atenas. Os policiais reagiram com bombas de gás lacrimogênio. O governo da Grécia apresentou um novo pacote de reformas que inclui medidas que tornariam mais difícil para os sindicatos convocarem greves. Se o projeto de lei for adotado, a Grécia eliminaria o último obstáculo para receber uma parcela do empréstimo de cerca de 5,5 bilhões de euros de seus parceiros europeus. Os sindicatos criticaram fortemente as disposições propostas sobre as greves, o que exigiria, pelo menos, uma participação de 50% dos sindicalistas para qualquer votação sobre as ações locais.
 

FOTO LOUISA GOULIAMAKI/AFP/JC