Porto Alegre, quarta-feira, 03 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Nove presos morrem durante rebelião em presídio de Goiás

Nove presos foram mortos e 14 ficaram feridos durante rebelião do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital de Goiás, deflagrada nesta terça-feira (2). Até a manhã desta quarta (3), 77 detentos continuavam foragidos. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás (Seap), mais de cem condenados deixaram o complexo prisional durante o tumulto. Muitos deles, porém, permaneceram próximos ao local e retornaram voluntariamente, após o Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope) retomar o controle. A pasta admitiu que o presídio sofre com superlotação e tem condições precárias de segurança e estrutura. Nesta manhã, a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, determinou que o Tribunal de Justiça de Goiás fizesse uma inspeção com urgência no local.
 

FOTO Claudio Reis/O Popular/AFP/JC
03/01/2018 - 15h27min