Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 13 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

tênis

Alterada em 13/01 às 11h43min

Roberto Bautista Agut bate Del Potro e volta a ser campeão em Auckland

O espanhol Roberto Bautista Agut conquistou o título do Torneio de Auckland, na Nova Zelândia, pela segunda vez nos últimos três anos. Neste sábado, ele repetiu o feito de 2016 ao derrotar na decisão o argentino Juan Martín del Potro por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 4/6 e 7/5.
O duelo foi bastante equilibrado e repleto de altos e baixos dos dois tenistas durante as 2h07min de duração. O espanhol entrou em quadra como quinto cabeça de chave do torneio, enquanto Del Potro era o segundo, e não escondeu a felicidade por surpreender o favorito.
"Me sinto fantástico. Foi uma partida inacreditável. Eu lutei bastante em quadra e não conseguia acreditar que estava jogando meu melhor tênis. Hoje, me senti realmente bem em quadra e joguei um tênis muito bom durante a partida. Juan Martín é um grande campeão, ele é muito difícil de bater e joguei dois incríveis games nos últimos dois da partida", avaliou.
Agut contou com um início muito devagar de Del Potro para disparar no primeiro set e vencer com extrema facilidade. O argentino não conseguiu confirmar sequer um game de saque e mostrava sentir muita dificuldade em se adaptar ao clima quente e úmido do local.
A partir da segunda parcial, porém, o duelo ficou equilibrado. Nela, Del Potro recuperou o ritmo e manteve a igualdade até o décimo game, quando conseguiu a quebra necessária para empatar. Mas no terceiro set, a história se inverteu. No 11.º game, foi Agut quem obteve a única quebra para triunfar e levantar o troféu.
"Tive que jogar debaixo do sol e foi muito difícil para mim. O Roberto começou muito bem, ele se movimentou muito melhor do que eu no fundo de quadra. Depois, acho que meu jogo melhorou um poco. Eu não conseguia jogar melhor, mas o Roberto foi bem no fim da partida e não cometeu erros", comentou Del Potro.
Na decisão do Torneio de Sydney, na Austrália, quem levou a melhor foi o russo Daniil Medvedev. No confronto de zebras diante do australiano Alex de Minaur, o número 84 do mundo, de 21 anos, levou a melhor ao vencer por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 1/6, 6/4 e 7/5, em 2h13min de partida.
Este foi o primeiro título de Medvedev no circuito, o que deve lhe render algumas posições no ranking da ATP. Apesar da queda na decisão, De Minaur também deverá subir na lista. Afinal, o jovem de 18 anos ocupava apenas a 167.ª colocação quando alcançou a decisão.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia