Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 12 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

Futebol

Alterada em 12/01 às 09h17min

Com reservas, Atlético-MG perde do Rangers por 1 a 0 na estreia pela Florida Cup

Nem mesmo o técnico Oswaldo de Oliveira viajou com a delegação para os Estados Unidos

Nem mesmo o técnico Oswaldo de Oliveira viajou com a delegação para os Estados Unidos


GREGG NEWTON / AFP/JC
O Atlético Mineiro, assim como fez em 2017, viajou aos Estados Unidos para disputar a Florida Cup com um time alternativo. Mais preocupado com as competições que disputará no Brasil nesta temporada - casos do Campeonato Mineiro, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana -, a decisão foi levar os reservas e o preço disso veio nesta quinta-feira com a derrota para o Rangers por 1 a 0, no Orlando City Stadium, em Orlando, na estreia pela competição amistosa.
Nem mesmo o técnico Oswaldo de Oliveira viajou com a delegação para a Flórida. Caio Zanardi é o treinador da equipe e nesta quinta-feira usou boa parte do elenco - foram sete substituições ao todo na partida. O time que começou jogando foi Cleiton; Adson, Rodrigão, Donato e Mansur; Adilson, Ralplh, Lorran e Thalis; Leleu e Pablo Diogo. Entraram Emanuel, Jordan, Cícero, Filipinho, Pedro, Matheus da Silva e Guilherme Xavier.
Na primeira etapa, o Atlético Mineiro até mostrou mais superioridade que o Rangers. O time conseguiu pressionar os escoceses, que estão no meio da temporada europeia, e criou oportunidades para marcar. Aos 12 minutos, Thalis mandou a bola na trave) e, aos 18, Pablo Digo perdeu a sua chance. O Rangers também chegou ao ataque com perigo, mas nada que incomodasse o goleiro Cleiton.
Após o intervalo, o Rangers mudou os 10 jogadores de linha - só ficou o goleiro Alnwick, que foi substituído no meio do segundo tempo por Liam Kelly. As alterações deram mais força ao time escocês, que teve mais posse de bola e conseguiu o gol da vitória aos 22 minutos. Após boa jogada de contra-ataque pela esquerda, Windass finalizou bem, com força, no cantinho, sem chances para Cleiton, que ainda viu a bola bater na sua trave esquerda antes de entrar.
Até o final, o Atlético Mineiro pressionou e teve as suas oportunidades para obter o empate, que levaria o jogo para a disputa de um ponto extra na decisão por pênaltis, mas não teve sucesso.
O clube de Belo Horizonte tem mais um compromisso na Flórida. Neste domingo, volta a campo para enfrentar o Atlético Nacional, da Colômbia. O jogo será disputado às 16h (de Brasília). Um dia depois, o grupo alvinegro volta para o Brasil e se junta aos jogadores e comissão técnica em Belo Horizonte. A estreia oficial será na próxima quinta contra o Boa, em Varginha (MG), pelo Campeonato Mineiro.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia