Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 12 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

conjuntura

Alterada em 12/01 às 16h38min

Agentes econômicos já tinham levado rebaixamento pela S&P em conta, diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ressaltou a estabilidade no mercado financeiro mesmo após o rebaixamento da nota de crédito brasileira pela S&P. Em entrevista coletiva, Meirelles disse que indicadores como dólar e juros de curto prazo e a bolsa tiveram pequenas quedas ou se mantiveram estáveis.
"Isso significa que o que a agência disse já estava nos preços e os agentes econômicos já tinham levado tudo isso em conta nos últimos meses. Não há nenhuma surpresa no assunto", afirmou o ministro.
Meirelles convocou coletiva para comentar o rebaixamento da nota de crédito soberano do Brasil pela agência de classificação de risco S&P Global Ratings, anunciado na quinta, que passou de BB para BB-.
A nota está três degraus abaixo do patamar considerado grau de investimento.
 
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia