Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 12 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 12/01 às 12h43min

Dólar renova máximas sequenciais ante real após dados dos EUA

O dólar renovou máximas sequenciais no início da tarde desta sexta-feira (12) até R$ 3,2295, acompanhando a nova máxima do dólar fevereiro, aos R$ 3,2365. Segundo um operador de câmbio, o mercado local é pressionado pelo fortalecimento do dólar ante o iene no exterior após dados dos Estados Unidos.
O aumento de 0,1% do índice de preços ao consumidor (CPI) americano em dezembro e a alta de 0,4% nas vendas no varejo no país fizeram o dólar inverter o sinal ante o iene e passar a subir. A ampliação da queda do petróleo também contribuiu para esse fortalecimento, afirmou a fonte.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia