Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 03 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tributos

03/01/2018 - 14h55min. Alterada em 03/01 às 14h56min

Um em cada quatro motoristas gaúchos pagou IPVA antecipado

Quitação com desconto de até 24,73% foi efetuada por 891.144 condutores

Quitação com desconto de até 24,73% foi efetuada por 891.144 condutores


Divulgação/Sefaz/JC
Aproximadamente um quarto dos motoristas gaúchos efetuou o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2018 de forma antecipada. Encerrada nesta terça-feira (2), a quitação com desconto de até 24,73% foi consumada por 891.144 condutores, o que representa 24,5% da frota que precisa recolher o tributo no Rio Grande do Sul.
A arrecadação neste primeiro período fechou em R$ 719 milhões e ficou abaixo do valor previsto inicialmente pela Receita Estadual, que estimava pagamento entre 30 e 35% nesta etapa. No entanto, a meta foi reduzida posteriormente para R$ 700 milhões em virtude da demora para a liberação de novos valores do seguro DPVAT, disponível apenas no último dia 26.
A partir desta quarta-feira (3), os motoristas podem parcelar o tributo em até três vezes ou quitá-lo com descontos dos programas Bom Motorista e Bom Cidadão - que pode chegar a 22,4% ainda em janeiro. Metade do valor arrecadado é repassado automaticamente para as prefeituras gaúchas, de acordo com o município de licenciamento do veículo.
Todos os proprietários de veículos automotores fabricados a partir de 1999 precisam efetuar o pagamento do IPVA. Para quitar o imposto, o proprietário deve apresentar Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia