Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 11/01/2018.
Alterada em 11/01 às 15h05min
COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia para coisas simples

Rondani lidera plataforma que conecta entre startups e grandes empresas

Rondani lidera plataforma que conecta entre startups e grandes empresas


100 OPEN STARTUPS/DIVULGAÇÃO/JC

Não é preciso esperar pelas ideias que nascem no Vale do Silício (EUA), por meio de grandes insights e investimentos de startups ou gigantes como Google ou Facebook. Inovações simples podem ter um impacto relevante nos negócios tradicionais, aponta o CEO e fundador do movimento 100 Open Startups, Bruno Rondani.
A plataforma de conexão entre jovens operações e grandes empresas reúne mais de 500 grandes empresas e 5 mil executivos. "As startups não precisam necessariamente criar um produto ou serviço para mudar o mundo. Existe muita oportunidade para o desenvolvimento de aplicações que resolvam os problemas cotidianos das pessoas ou das empresas", comenta.
Um exemplo que ele cita é a Espresso, que criou um sistema automatizado para fazer a gestão do reembolso corporativo e, assim, facilitou para os colaboradores enviarem os recibos que justificam viagens ou refeições. Basta fotografar e fazer o upload no aplicativo. Já a Lean Survey está explorando o potencial dos smartphones para contratar pessoas que precisam de um incremento de renda para realizar pesquisas de mercado presenciais. Recursos como GPS, foto e gravador de áudio, presentes nos celulares, permitem que os contratantes façam auditorias eficientes do trabalho realizado, evitando fraudes. "São tecnologias simples e que agora estão acessíveis para um número maior de empresas", relata Rondani.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

Patricia Knebel

Ecossistemas de inovação, tendências globais para os negócios, marketing digital, as tecnologias que são os pilares da transformação digital (como mobilidade, Internet das Coisas e Big Data) e todas as novidades que impactam o comportamento dos consumidores e o futuro das empresas e das cidades estão na coluna Mercado Digital. Estou feliz por você estar aqui.