Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 10/01/2018. Alterada em 09/01 às 21h35min

Buraco para baixo...

FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
Este é um dos maiores problemas da cidade, o "buraco" dos tampões de energia, telefonia ou de fibras óticas, que obedecem à uma estratégia de malvadez. Ou tem ressaltos ou estão com baixo relevo, castigando pneus e suspensões dos carros. O drama piorar devido a sucessivos recapeamentos, "afundando" cada vez mais o tampão.

...buraco para cima

Em algumas avenidas, como a Farrapos, alguns tampões de metal são em alto relevo há décadas. Certa vez um técnico mais atilado colocou câmaras usadas de pneus nas bordas, amenizando o impacto. Mas foram ações isoladas. O certo é que esse defeito causa enorme irritação nos motoristas. Quando escapa de um buraco cai em outro institucional.

Especialidade em alta

O Instituto de Geriatria e Gerontologia da Pucrs e a Faculdade de Medicina do Porto abriram inscrições para o Curso Internacional de Especialização em Geriatria Clínica, que objetiva capacitar médicos do Brasil, Portugal e países Latino Americanos para esta área.

Deus ajuda quem...

Toda eleição é a mesma coisa. Candidatos a cargos majoritário que não despontam nas pesquisas iniciais são cobrados pelas bases enquanto estes dizem que é muito cedo. E é mesmo. Dá para encher um Guaíba com o número de azarões que acabarem vencendo as eleições assim como dá para encher outro Guaíba com o número de candidatos que começaram bem na parada e, ao fim e ao cabo, suas candidaturas foram para o beleléu.

...cedo madruga

Em compensação, o "ainda é cedo" para trabalhar uma campanha já é tarde demais. Os partidos sofrem de um mal crônico, um reflexo da cultura de falta de planejamento, que é o de deixar de bater o martelo em um nome só quando as vivandeiras resolverem suas briguinhas intestinas e um valor mais alto levantar o dedo em riste no relógio: vamos nos atrasar! Apostar em um nome deveria ser sacramentado pelo menos um ano e meio antes.

A vida continua

A UniRitter está instalando um novo campus, localizado no Shopping Iguatemi, reforçando sua estratégia multicampi. A instituição torna-se o primeiro centro de Ensino Superior de Porto Alegre com oferta completa de cursos (graduação, pós-graduação e extensão) em um
shopping. Terá capacidade para receber 4 mil alunos e estará pronto no primeiro semestre.

A frota da Mega

A Caixa tem por hábito informar o que se poderia comprar ou que renda mensal se pode ter quando o prêmio das suas loterias acumula. Mesmo não sendo o prêmio, perto da Mega da Virada, hoje a modalidade deve pagar R$ 8,5 milhões, o que dá rendimento mensal de R$ 38 mil na poupança (menos a inflação) ou permite comprar 36 carros de luxo. Agora me digam o que alguém faria com 36 carros de luxo?

O velho e o novo


FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
Nem sempre esses conceitos valem, especialmente para prédios. O antigo prédio Força e Luz, hoje Fundação CEEE, na Rua da Praia, contrasta com a construção vizinha, parte de um empreendimento que se estende até a rua Andrade Neves, onde o prédio se ergue por sete andares, incluindo um espaço de estacionamento. Há espaço para lojas (ou loja grande) entre as duas ruas.

Miúdas

  • MELHOR notícia econômica de ontem: pedido de falências e recuperações judiciais caíram 18,2% e 23,7% em relação a 2016.
  • VÃO arguir os escândalos. Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.
  • PARADOXO de Temer é esse. A economia mostra recuperação para além da dúvida.
  • PROVA provada que a recessão ficou para trás é que aumentaram muito os releases chatos.

Finais

  • SALESIO Nuhs é o novo diretor presidente da Forjas Taurus, uma das três maiores fabricantes de armas leves do mundo. RGE destinou R$ 2,7 milhões para o Programa de Eficiência Energética em Cachoeirinha e Gravataí.
  • EXPOSIÇÃO Internacional Grécia Antiga está em sua última semana no Espaço Cultural da Faurgs em Gramado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Sergio 10/01/2018 08h33min
Buraco para baixo... - Muito pertinente os comentários. Faltou colocar que muitas vidas foram literalmente modificadas por essas armadilhas, verdadeiras arapucas, estou falando da queda de motociclistas. Quantos que caem por dia? É só solicitar os dados junto ao SAMU, Pronto Socorro e Hospital Cristo Redentor. Está na hora de um "Juiz Tipo Sergio Moro" responsabilizar os "proprietários" dos "buracos para baixo" sobre todos os custos de manutenção de carros, motos e cuidados médicos. Aí acaba.