Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 05 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Automotor

COMENTAR | CORRIGIR

Importados

Notícia da edição impressa de 05/01/2018. Alterada em 05/01 às 08h29min

Versões Sportback e Sedan do Audi RS 3 começam a ser vendidas no Brasil a preço único

Spoiler, difusores de ar e saídas de escapamento ovais são elementos exclusivos da linha RS

Spoiler, difusores de ar e saídas de escapamento ovais são elementos exclusivos da linha RS


AUDI/DIVULGAÇÃO/JC
A "alma" do modelo é o motor de cinco cilindros mais potente do mundo atualmente em produção. O 2.5 TFSI entrega 400 cv de potência - 33 cv a mais do que o anterior - e 480 Nm de torque a partir de 1.700 rpm. Tanta pujança resulta em aceleração de zero a 100 km/h em 4,1 segundos.
Esse propulsor ficou 26 quilos mais leve graças ao cárter de alumínio, entre outras características. Para uma melhor preparação da mistura de combustível, o novo 2.5 TFSI da emprega a dupla injeção direta no coletor de admissão e nas câmaras de combustão.
Na parte de exaustão, o Audi Valvelift System controla a duração de abertura da válvula, dependendo da aceleração e velocidade do motor, para um consumo moderado com carga baixa ou parcial, bem como uma resposta mais espontânea do acelerador e um alto nível de potência e tração máxima.
O trem de força se completa com a transmissão S tronic de dupla embreagem e sete marchas e a tração integral permanente. Uma embreagem eletro-hidráulica multidiscos distribui o torque variável entre os eixos.
Outro destaque técnico é o Audi Drive Select, que permite ao motorista interferir no funcionamento da tração, direção e câmbio mediante a escolha de três modos: comfort, auto e dynamics (conforto, automático e dinâmico). O controle eletrônico de estabilidade ainda otimiza toda a performance, contando com calibração específica para o RS 3.
Além do eixo traseiro four-link e da suspensão rebaixada em 25 milímetros, em relação ao A3 convencional a versão esportiva tem bitola do eixo dianteiro 20 mm mais larga. As rodas medem 19 polegadas de diâmetro.
No interior, o RS 3 possui bancos esportivos revestidos de couro napa e o acabamento da cabine ostenta detalhes em fibra de carbono. O volante esportivo com base reta incorpora os botões para operação do sistema de infoentretenimento, além das aletas para a troca manual das marchas.
O painel de instrumentos adota a tecnologia Virtual Cockpit da Audi, mostrando os dados em telas digitais configuráveis. Um display específico para a linha RS desloca o conta-giros para o centro do visor, exibindo em ambos os lados as informações sobre torque, força G e pressão dos pneus. Quando a transmissão está em modo manual, uma escala de cores indica ao motorista o momento exato para a troca de marcha.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia