Porto Alegre, quinta-feira, 08 de fevereiro de 2018.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
26°C
35°C
20°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,2790 3,2810 0,12%
Turismo/SP 3,2100 3,4200 0,29%
Paralelo/SP 3,2100 3,4200 0,29%
mais indicadores
| Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Cultura | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Notícia da edição impressa de 09/02/2018. Alterada em 08/02 às 23h09min

Estudo alerta para o tratamento das feridas complexas

O professor Marcus Castro Ferreira, do Departamento de Cirurgia e Anatomia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto e da Faculdade de Medicina, ambas da Universidade de São Paulo (USP) é pioneiro e responsável pelo desenvolvimento da microcirurgia reconstrutiva no Brasil.
Ferreira explica, em seu estudo, o problema relacionado as feridas complexas, ou seja, aquelas que demoram ou não cicatrizam totalmente. Segundo o professor, as feridas podem ter várias causas, como as queimaduras extensas, ou as ferida em diabéticos e no caso de tratamento inadequado.
Algumas são feridas complexas desde o início, como por exemplo as grandes queimaduras. "Se queimar ou perder pele em mais de 20% da área corpórea, ela será de terceiro grau e incluímos como feridas complexas", explica o pesquisador.
De acordo com ele, o tratamento de feridas complexas não é ensinado no currículo normal nas faculdades de medicina. Assim, alerta que é necessário capacitar os profissionais para uma ação correta no tratamento.
O pesquisador salienta que é muito importante saber dimensionar a quantidade de casos que envolvem as feridas complexas, só assim será possível desenvolver políticas de enfrentamento. "Estamos com um programa para conseguir determinar números de casos registrados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina em Ribeirão Preto", revela Ferreira.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Semente de soja é nova opção para combater à aids
Pesquisa começa fase de testes contra tumores
Transplante salva crianças da morte por hepatite
Nanocelulose tem potencial para novos materiais

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo