Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 06 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Internacional

CORRIGIR

estados unidos

Alterada em 06/12 às 19h18min

Senado dos EUA vota para começar a discutir com deputados a reforma tributária

O Senado nos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira uma medida para que a reforma tributária avance para discussão com os deputados, a fim de que as duas Casas do Legislativo cheguem a um projeto conjunto sobre o tema. A maioria republicana no Senado prevaleceu, por 51 votos a 47, para que se iniciem as conversas com a Câmara dos Representantes.
A Câmara aprovou em meados de novembro sua versão da reforma tributária e o Senado passou no último sábado seu projeto. Caso haja um acordo e as mudanças se materializem, elas devem representar a maior mudança no código tributário do país em três décadas.
As duas versões preveem cortes profundos nos impostos para as empresas e reduções mais modestas nos tributos para as pessoas físicas. Além disso, dobram a dedução padrão, para US$ 12 mil para os solteiros e US$ 24 mil para os casais. Entre as principais diferenças estão o número de faixas de tributação, quatro na versão da Câmara e as atuais sete na do Senado. 
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia