Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 04 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Espanha

Notícia da edição impressa de 05/12/2017. Alterada em 04/12 às 22h43min

Juiz deixa em liberdade seis líderes catalães

Um juiz concedeu ontem a seis ex-conselheiros da Catalunha liberdade sob fiança, mas manteve na prisão dois ativistas favoráveis à secessão e dois membros importantes do governo da região do nordeste da Espanha. O Executivo catalão foi dissolvido pelas autoridades centrais há um mês, após uma declaração de independência. O vice-presidente deposto da Catalunha, Oriol Junqueras, o ex-conselheiro de Interior Joaquim Forn e os líderes de dois coletivos pela independência de base seguirão na prisão, decidiu o magistrado Pablo Llarena, do Tribunal Supremo.
Llarena disse que é preciso ver se o compromisso dos dirigentes de acatar a lei espanhola e renunciar à independência unilateral é "veraz e real". Os outros seis políticos presos em novembro terão de pagar uma fiança de ¤ 100 mil (US$ 118 mil) para sair da prisão.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia