Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 07 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

clima

07/12/2017 - 13h53min. Alterada em 07/12 às 13h55min

Alagamentos causam transtorno no trânsito e desabamentos em Porto Alegre

Transformadores no pátio da CEE se encontravam submersos

Transformadores no pátio da CEE se encontravam submersos


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Marysol Cooper
A forte chuva que começou a cair na madrugada desta quinta-feira (7) em Porto Alegre causou alagamentos e estragos na cidade. A av. Ipiranga, uma das mais movimentadas da Capital, precisou ser bloqueada próximo à sede da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) devido ao grande número de pedras no asfalto, empurradas com a força da água.
Com o alto nível de chuva acumulada, parte dos transformadores no pátio da CEEE se encontrava submersa, mas, de acordo com informações da assessoria, a situação não compromete a estrutura, já que ela não se encontra em funcionamento. Agentes de trânsito da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) precisaram auxiliar os motoristas que passavam pela região, pois os veículos não puderam circular por uma das pistas da Av. Ipiranga.
Na Zona Norte, nas esquinas da Avenida Manoel Elias com a Rua 6 de Novembro, desabou parte do ginásio Arena Universitária, de fronte com a UniRitter campus FAPA. A estrutura comprometida abrigava os banheiros e vestiários do campo de futebol, que mesmo com o desabamento estava sendo utilizado por jogadores. A Defesa Civil foi até o local e constatou que os danos são apenas materiais.
Até as 11h de hoje, o volume de chuva acumulado no Centro de Porto Alegre era de 70,0 mm, de acordo com o Centro Integrado de Comando de Porto Alegre (Ceic). O bairro Tristeza marcava 90,40 milímetros, a Lomba do Pinheiro 82,00 milímetros e o Sarandi 52,80mm. Com estes volumes, a chuva desde a madrugada já ultrapassa metade da média histórica de precipitação pluviométrica de Porto Alegre no mês de dezembro, que é de 101,20 milímetros. 
Veja mais imagens
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia