Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 04 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Segurança pública

Notícia da edição impressa de 05/12/2017. Alterada em 04/12 às 22h44min

Ministério da Justiça nega mudança na atuação da Força Nacional

O Ministério da Justiça confirmou que os 190 agentes da Força Nacional deslocados para Porto Alegre continuam em atividade. Mesmo que o efetivo não seja visto com tanta frequência, principalmente nas vias mais movimentadas da cidade, a pasta nega qualquer alteração na atuação ou no efetivo transferido à Capital.
O prazo para permanência do efetivo termina no dia 31 de dezembro. A atuação começou em agosto do ano passado, e, na época, 120 agentes foram deslocados do Rio de Janeiro a Porto Alegre. Mais tarde, o governador José Ivo Sartori e o secretário estadual de Segurança Pública, Cezar Schirmer, solicitaram um reforço, aumentando o número de agentes para 190.
No entanto, é raro avistar carros e agentes da Força Nacional em ação. Em algumas vias da Capital, especialmente na zona Sul, a presença dos agentes é mais frequente, mas muito inferior ao que já foi. O Ministério da Justiça ainda argumenta que a operação pode ser renovada, se for do interesse do governo do Estado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia