Paisagem de Pisac, no Peru, com tendas de produtos locais Paisagem de Pisac, no Peru, com tendas de produtos locais Foto: ROBERTA FOFONKA/ESPECIAL/JC

Lição do Peru: aposte no mercado local

Neste mundo conectado, as tendências de consumo não ficam por menos. Vestimos, comemos e assistimos a produtos de outros países. Recriamos hábitos e agregamos à nossa cultura aquilo que ocorre, sobretudo, no Hemisfério Norte.
Nossa repórter Roberta Fofonka chegou recentemente das férias no Peru. E uma das coisas que ela destacou foi o quanto o país aposta nas características locais e ancestrais para movimentar empregos e renda. Mesmo com o forte no setor agrícola e de mineração, o turismo conquista seu espaço através do que há de mais próprio: sua gastronomia, os sítios arqueológicos, as vestimentas coloridas feitas a partir do pelo dos animais nativos, o jeito de viver do povo. Uma tendência de programação em Cusco, por exemplo, é o "turismo de experiência", que leva os estrangeiros para viverem junto e como os peruanos.
A sensação é de que o Peru sabe que tem de conservar suas particularidades para prosperar. Porque isso, além de tudo, destaca ainda mais o caráter único da região. Trazemos essas informações para te convidar a uma reflexão: e se pensarmos na valorização do que temos por perto para fomentar nossos negócios? Antes de olhar longe demais, olhe em volta. Encontre a singularidade na cidade que chama de sua. #dicadodia
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio