Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 05 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

mundial de clubes

Notícia da edição impressa de 06/12/2017. Alterada em 05/12 às 21h34min

Grêmio de malas prontas para Abu Dhabi

Maicon (d), que treinou ontem, se colocou à disposição do treinador

Maicon (d), que treinou ontem, se colocou à disposição do treinador


/LUCAS UEEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
O Grêmio realizou ontem o penúltimo trabalho antes de dar início à longa viagem ao Oriente Médio. Com as dificuldades de logística, o grupo gremista será dividido e o deslocamento para Abu Dhabi , capital dos Emirados Árabes, será em dias diferentes. O embarque está marcado para as 11h15min, no terminal 2, do aeroporto Salgado Filho, mesmo local da chegada da delegação após a conquista da Libertadores da América. O pedido da direção aos torcedores é que não utilizem fogos, sinalizadores ou qualquer tipo de artefato que prejudique o funcionamento do aeroporto. O último treino na Capital será realizado na manhã de hoje, antes do embarque.
Ontem, os jogadores tiveram uma atividade na Arena. As boas notícias ficaram por conta da participação de Maicon e de Pedro Geromel. O volante, que se colocou à disposição do técnico Renato Portaluppi para o Mundial de Clubes, precisa de mais alguns treinamentos para estar 100%, mas já está recuperado do problema no tendão de Aquiles. Já o zagueiro, que estava com uma proteção no ombro, deve estar pronto para a partida do dia 12. 
A ausência foi do volante Ramiro, mas ele não preocupa. De acordo com a assessoria, o jogador realizou um trabalho especial, separado do restante do grupo, na academia do CT Luiz Carvalho. Arthur apareceu à beira do gramado para acompanhar os colegas. Fora do torneio devido ao rompimento dos ligamentos do tornozelo, ele não irá viajar para Abu Dhabi. Ontem, o Grêmio divulgou a lista dos atletas que disputarão a competição, confirmando a entrada do lateral-direito Léo Gomes na vaga de Arthur.
Antes do treino de ontem, jogadores, comissão técnica e dirigentes fizeram as provas do traje oficial, que será usado durante a viagem ao mundo árabe. Na entrevista coletiva de Portaluppi, o técnico informou que até mesmo jogadores que não estão inscritos irão viajar. É o caso de Cícero e Cristian, e do meia Douglas, contundido.
O treinador fez questão de destacar o merecimento de alguns integrantes do grupo que, mesmo sem poder atuar, estarão nos Emirados Árabes com o Grêmio. "Todos vão viajar, por merecimento e por tudo o que foi feito. Não necessariamente amanhã, mas eles estarão lá", garantiu o treinador. Sobre a possibilidade de conquistar o bicampeonato mundial, o técnico deixa claro o pensamento que quer de seu grupo. "Temos a chance de ir lá e buscar o título. Todos querem ganhar, não só o Grêmio, mas vamos brigar muito por esse Mundial. Meu discurso para eles é sempre que eles precisam gostar de ganhar. Foi assim que conquistamos a Libertadores e, agora, mais do que nunca, temos essa grande chance."
No sábado, os gremistas voltarão suas atenções para o jogo que irá definir o adversário tricolor nas semifinais. O confronto será entre os marroquinos do Wydad Casablanca e os mexicanos Pachuca. A partida será disputada no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi, às 11h.
 

Torneio tem início hoje com confronto entre Al Jazira e Auckland City

Após dois anos sendo realizado no Japão, o Mundial de Clubes volta ao mundo árabe. Além dos favoritos Real Madrid e Grêmio, a competição conta com o Al Jazira, representando os Emirados Árabes Unidos, o Auckland City, da Nova Zelândia, campeão da Oceania, o mexicano Pachuca, campeão da Concacaf, o japonês Urawa Red Diamonds, campeão da Ásia, e o marroquino Wydad Casablanca, campeão africano. A partida que abrirá o torneio será entre os anfitriões do Al Jazira contra o Auckland City, no estádio Hazza Bin Zayed, em Al Ain - palco da estreia gremista, no dia 12. O jogo será hoje, às 15h.
A última vez que um clube brasileiro conquistou o Mundial foi em 2012, com o Corinthians. A equipe, comandada pelo técnico Tite, bateu o Al-Ahly por 1 a 0 nas semifinais. Na decisão, o Timão venceu o Chelsea pelo mesmo placar. Já a última participação brasileira no Mundial foi com o Atlético-MG, em 2013. O Galo foi surpreendido pelos marroquinos do Raja Casablanca, sendo derrotado por 3 a 1, sem chegar à final. A equipe contava com a presença de Ronaldinho Gaúcho.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia