Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 27 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

tecnologia

Alterada em 27/12 às 18h53min

Leilões de bens de capital na plataforma online Superbid movimentam R$ 765 mi

Refletindo a melhora dos indicadores econômicos, os leilões online de bens de capital realizados pela plataforma Superbid mostraram arrecadações mais fortes em 2016 e 2017, com cifra de R$ 765 milhões na soma dos segmentos industrial e de agronegócio. "Enxergamos isso como um sinal bem positivo de que a economia está melhorando, porque o pequeno e médio empresário está investindo em estocar, comprar maquinário", afirma Jacqueline Luz, diretora comercial responsável por bens de capital na Superbid.
Na abertura por segmentos, os certames de máquinas e equipamentos industriais realizados pela plataforma cresceram 28% em arrecadação entre o início de 2016 e novembro de 2017, movimentando R$ 445 milhões no período. Em máquinas pesadas e agrícolas, a alta foi de 12%, com R$ 320 milhões entre o ano passado e o último mês.
Criada em 2000, a Superbid trabalha com grandes companhias brasileiras e multinacionais, como Vale, Petrobras e Grupo Votorantim, ajudando na venda de maquinários, linhas de produção e estoques em desativações estratégicas e projetos de desinvestimento, por exemplo. Na ponta compradora, os 500 mil cadastrados se dividem em pessoas físicas e jurídicas, sobretudo pequenos e médios empresários.
Um dos maiores atrativos do leilão online, o custo dos produtos apresenta descontos de 40% a 80% do valor de mercado. Nos certames de equipamentos industriais realizados em 2016 e 2017, os lances iniciais ficaram, em média, 62,1% abaixo do valor de mercado. Ainda nessa categoria, os leilões conquistaram 48,9% a mais do que os lances iniciais, também na média. Os valores são semelhantes para os certames de máquinas pesadas e agrícolas (respectivamente, 66,1% e 44,7%).
Além do maior número de leilões e vendas, a Superbid tem visto também uma evolução de sua carteira de clientes, puxada por empresas de capital aberto em busca de melhores práticas de compliance e governança corporativa. "O processo de leilão online é feito de forma democrática, sem interferência humana. É também um ambiente transparente - todos os indicadores, visitas, lances, acessos ficam em uma plataforma online e auditável", explica Jacqueline.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia