Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 22 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

moedas virtuais

22/12/2017 - 08h05min. Alterada em 22/12 às 08h49min

Bitcoin despenca 25% em 24 horas, em meio a onda de liquidação de criptomoedas

Moeda perdeu em torno de US$ 121 bilhões em valor de mercado em menos de uma semana

Moeda perdeu em torno de US$ 121 bilhões em valor de mercado em menos de uma semana


KAREN BLEIER/AFP/JC
O bitcoin apagou 25% de seu valor em cerca de 24 horas, à medida que uma onda de vendas atingiu o mercado de criptomoedas antes do feriado de Natal.
Recentemente, o bitcoin operava em torno de US$ 12.500, segundo a CoinDesk. A moeda virtual, que é notoriamente volátil, começou o mês de dezembro valendo cerca de US$ 10.000 e chegou a se aproximar de US$ 20.000 na última semana, mas tem mostrado tendência de desvalorização desde então.
Em relação a seu pico mais recente, o bitcoin perdeu em torno de US$ 121 bilhões em valor de mercado em menos de uma semana, o equivalente a mais que o dobro da capitalização de mercado da fabricante americana de veículos elétricos Tesla, por exemplo.
Outras moedas alternativas ao bitcoin também sofreram com o movimento de liquidação. Entre 31 moedas digitais com valor de mercado de pelo menos US$ 1 bilhão, 29 tiveram perdas recentes, de acordo com o provedor de dados CoinMarketCap.
A ether, segunda maior moeda virtual em valor de mercado, despencou 26% nas últimas 24 horas. Já a chamada litecoin sofreu um tombo de 32%.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia