Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 07 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

moedas virtuais

Alterada em 07/12 às 08h13min

Bitcoin ultrapassa US$ 14 mil, menos de 24 horas depois de superar US$ 12 mil

A moeda virtual bitcoin, que vem apresentando valorização surpreendente ao longo de 2017, atingiu nova máxima histórica e ultrapassou a marca de US$ 14 mil na noite de quarta-feira, menos de 24 horas depois de superar a barreira de US$ 12 mil, segundo a CoinDesk, uma das maiores consultorias do setor de criptomoedas. Como encerrou 2016 abaixo de US$ 1 mil, o bitcoin acumula ganhos superiores a 1.400% este ano.
Na madrugada desta quinta-feira, o valor de mercado total do bitcoin somava mais de US$ 247 bilhões, após superar US$ 200 bilhões pela primeira vez ontem, de acordo com a CoinMarketCap. Para se ter uma ideia do avanço do bitcoin, a moeda tinha ultrapassado US$ 100 bilhões em outubro. O valor de mercado combinado de todas as criptmoedas é de US$ 399,2 bilhões.
Com o valor atual, o bitcoin supera várias empresas tradicionais que integram o índices Dow Jones, como Home Depot, UnitedHealth, Pfizer e Verizon.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia