Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 06 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 06/12 às 18h19min

Ouro fecha em leve alta em meio a tensões geopolíticas

O ouro fechou em alta nesta quarta-feira, com analistas ressaltando preocupações geopolíticas para a maior procura pelo ativo.
O contrato para fevereiro, negociado na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), subiu 0,09%, a US$ 1.266,10 por onça-troy.
"O ouro se recuperou das baixas de outubro graças ao dólar mais fraco e a riscos geopolíticos envolvendo os EUA, o Oriente Médio e o Brexit", disseram analistas do Accendo Markets em nota.
Há preocupações com um possível fechamento parcial do governo americano, além das tensões provocadas pelo fato do presidente dos EUA, Donald Trump, ter reconhecido Jerusalém como a capital de Israel.
Além disso, desdobramentos sobre a saída do Reino Unido da União Europeia continuam no radar, com mais uma semana de negociação entre as partes. Hoje mais cedo, o ministro de Finanças britânico, Philip Hammond, anunciou que o país irá pagar a conta do Brexit, mesmo que não chegue a um acordo comercial com o bloco. 
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia