Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 09/11/2017. Alterada em 08/11 às 20h24min

O estilo venezuelano da democracia

Luiz Pereira Lima
As recentes eleições venezuelanas, mediadas pela "eleita" Assembleia Constituinte Bolivariana, não passam de um escândalo. Maior que este, são somente os escrutínios cubanos, com os "Castros" e os da Coreia do Norte, onde o jovem herdeiro do trono e do poder absoluto obteve a totalidade dos votos!
Ou seja, não há pelo menos um coreano do norte que discorde da conduta governamental. Não havendo discórdia não há litígio, e não havendo lide o Judiciário tornar-se-ia um poder supérfluo. A ditadura de Maduro matou opositores: prendeu seus líderes, sacou a esperança da liberdade de expressão, negou o trabalho digno para uma juventude esperançosa. Nossos consulados estão repletos de solicitações de vistos de jovens venezuelanos, cujas famílias dilaceradas, além de famélicas, perderam a dignidade. Mas o PT saudou o presidente Maduro pela "contundente vitória eleitoral". O embuste está à tona, onde a ditadura quer ter uma pintura democrática, apoiada pelos bolivarianos do sul. Mas o respeito à nossa Carta Magna, onde pensar e expressar-se é permitido, nós, brasileiros podemos emitir nossas opiniões do cotidiano da liberdade. Este último bastião da democracia, e que o PT queria e quer furtar-nos, à semelhança bolivariana, o povo livre insurgiu-se para assegurá-la. Mesmo com os percalços conhecidos, parece que estamos distantes deste infortúnio desejado por aqueles que não sabem o que é trabalho e o verdadeiro estudo. Nosso Judiciário vilipendiado pela grei petista tem servido de baluarte mantenedor de nossa liberdade. A verdade sobre o sofrimento de nossos irmãos venezuelanos não necessita mais ser evidenciada. Está às escâncaras! Identifiquem, leitores, quem os apoia!
Professor titular de Cirurgia/UFCSPA
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia