Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 11 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Internacional

CORRIGIR

estados unidos

Alterada em 11/11 às 18h30min

Creio que a Rússia não interferiu na eleição de 2016, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou a jornalistas neste sábado que acredita no líder da Rússia, Vladimir Putin, quando este diz que seu governo não interferiu nas eleições americanas do ano passado.
"Ele disse que não se intrometeu (nas eleições). E eu perguntei de novo. E poderia perguntar inúmeras vezes", afirmou o presidente americano a bordo do avião presidencial Air Force One. "Cada vez que ele me via, dizia: 'Eu não fiz isso'. E creio, realmente creio nisso."
O presidente americano disse também que Putin se sente "insultado" pela acusação e atacou os democratas, que, segundo ele, criaram uma barreira entre os EUA e a Rússia nas relações internacionais.
Nos Estados Unidos, estão em curso investigações que apuram a ligação de autoridades russas com o pleito do ano passado. Há a suspeita que pessoas próximas a Trump tiveram contato com russos durante a campanha.
Trump e Putin não tiveram uma reunião formal no Vietnã durante a cúpula dos membros da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec, na sigla em inglês), mas ambos pareceram ter uma relação cordial de todos os modos e discutiram acordos sobre o futuro da Síria.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia