Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Funcionalismo

13/11/2017 - 17h35min. Alterada em 13/11 às 20h13min

Municipários de Porto Alegre encerram paralisação, mas mantêm Estado de greve

Grevistas devem manter agenda de protestos contra o governo Marchezan

Grevistas devem manter agenda de protestos contra o governo Marchezan


SIMPA/REPRODUÇÃO/JC
Os municipários de Porto Alegre decidiram nesta segunda-feira (13) pelo fim da greve da categoria, que já estava paralisada desde o início de outubro. A deliberação foi definida pela maioria dos presentes na assembleia convocada pelo Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), realizada nesta tarde na Casa do Gaúcho.
Mesmo com o fim da paralisação, os trabalhadores aprovaram a manutenção do Estado de greve, indicando a continuidade dos protestos e a possibilidade de voltar a cruzar os braços a qualquer momento. Assim, mesmo com o retorno ao trabalho, os servidores devem seguir realizando atividades de mobilização.
Durante a assembleia, diversas lideranças da categoria fizeram duras críticas ao Executivo municipal e ao prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB). Uma nova reunião dos municipários está marcada para o dia 30 deste mês.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia