Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

aeroportos

13/11/2017 - 08h39min. Alterada em 13/11 às 08h40min

Congonhas reabre após ter 34 voos desviados por causa de drone

Todos os pousos no aeroporto foram suspensos por mais de duas horas

Todos os pousos no aeroporto foram suspensos por mais de duas horas


YASUYOSHI CHIBA/AFP/JC
Agência Brasil
O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, reabriu nesta segunda-feira (13) normalmente, após ter 34 voos desviados para aeroportos próximos na noite de ontem. Todos os pousos foram suspensos por mais de duas horas, por causa de um drone, espécie de aeronave remotamente pilotada.
Segundo a Infraero, o drone sobrevoou a linha de cabeceira de pouso do aeroporto entre 20h16min e 22h25min, prejudicando aviões que tinham São Paulo como destino. As decolagens não foram prejudicadas.
Para atender à demanda, o horário de funcionamento do terminal, que normalmente encerra às 23h, foi estendido para até as 2h50min da madrugada. Nesse período, foram recebidos 24 voos atrasados.
A Polícia Militar informou que realizou buscas na região para localizar o operador do drone, sem sucesso. Em maio deste ano, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou a regulamentação para a operação civil de drones. Quem opera esses equipamentos de forma irregular pode responder nas esferas administrativa, cível e penal.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia