Porto Alegre, sexta-feira, 17 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Municipários terminam greve e prometem manter a mobilização

O fim da greve dos municipários, aprovada na segunda-feira (13), não teve tom de baixar a guarda. Depois de 40 dias de paralisação e algumas conquistas - como recuo do prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB)  em um dos projetos que mexiam na carreira, o movimento dos servidores públicos municipais decidiram que encerram a paralisação, mas adotam estado de greve. Esta condição significa que, a qualquer momento, a categoria que soma quase 30 mil postos de servidores - pode voltar a parar. Na assembleia na Casa do Gaúcho, no Parque da Harmonia, 80% dos cerca de 3 mil presentes votaram pela volta ao trabalho. Agora a briga continua principalmente dentro da Câmara de Vereadores, onde os municipários pressionam para que não sejam voltadas propostas que, segundo eles, reduzirá valores recebidos.
 

FOTO Simpa/Divulgação/JC
15/11/2017 - 00h11min