Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 12 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

varejo

Notícia da edição impressa de 13/11/2017. Alterada em 12/11 às 22h41min

Pesquisa mostra que 87% dos consumidores pretendem comprar na Black Friday

Grande promoção ocorre na última sexta-feira de novembro

Grande promoção ocorre na última sexta-feira de novembro


/JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC
Comprar produtos durante a Black Friday é uma intenção de 87% dos consumidores brasileiros em 2017, de acordo com levantamento do Ibope Inteligência em conjunto com o Google. A intenção de compra é menor que no ano passado, quando 89% dos respondentes diziam pretender comprar algo na data.
O gasto médio é estimado em R$ 1.071,00, valor 2% inferior ao R$ 1.095,00 do ano passado. Eletrônicos e eletrodomésticos ainda lideram o ranking dos produtos preferidos: 65% das pessoas pretendem comprar algum tipo de produto dessas categorias na próxima edição da Black Friday, no dia 24 de novembro. Roupas e calçados aparecem em segundo lugar, mencionados por 47% dos entrevistados.
Na categoria de eletrônicos, os celulares seguem sendo os mais cobiçados. Aparecem nas intenções de 37% dos consumidores, patamar próximo dos 38% do ano passado. Cresceu, no entanto, a intenção de compra de televisores. Segundo produto de maior intenção de compra na categoria de eletrônicos, as televisões de tela fina eram desejadas por 22% das pessoas no ano passado e hoje aparecem entre os interesses de 25% dos consumidores.
O estudo identificou ainda que a intenção dos consumidores é comprar on-line e também em lojas físicas. O comércio eletrônico é o destino de compra para 92% dos consultados, mas, muitos deles, também devem ir a lojas físicas. A intenção de comprar fora do mundo virtual é de 34%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia