Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Notícia da edição impressa de 14/11/2017. Alterada em 13/11 às 17h04min

Música negra é tema de espetáculo no Theatro São Pedro

Ébano e Marfim comemora sete anos com apresentação nesta quarta-feira

Ébano e Marfim comemora sete anos com apresentação nesta quarta-feira


DENIS AFFONSO DE BARROS/DIVULGAÇÃO/JC
O projeto Ébano e Marfim, há sete anos, une solistas e instrumentistas de diversas etnias em um concerto musical. Em sua sétima edição, o espetáculo ocorre nesta quarta-feira, às 20h, e terá apresentação no Theatro São Pedro (praça Marechal Deodoro, s/nº). Os ingressos custam entre R$ 20,00 e R$ 70,00 e estão à venda na bilheteria do local.
No programa, uma seleção de vertentes da música negra - incluindo jazz, blues, R&B, gospel, disco, MPB, samba e rap - ilustrada pela dança afro-brasileira e pelo balé. Com a produção musical de Antônio Guaracy Guimarães, conta com os arranjadores Davi Moreira, Gilberto Oliveira e o próprio Guimarães sob a regência do Maestro Cláudio Ribeiro. 
Idealizado pela soprano e jazzista Marguerite Silva, o 7º Ébano e Marfim In Concert será tecido em torno da memória, homenageando os griots do samba, literatura, teatro e cinema gaúcho. Nesta sétima edição, o concerto inovará apresentando uma Orquestra de Câmara, constituída pela convergência de instrumentistas vindos de diversas orquestras do Estado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia