Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 10 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

feira do livro

Notícia da edição impressa de 10/11/2017. Alterada em 10/11 às 11h00min

Área infantil da Feira do Livro é sucesso entre os pequenos

Isabela, Gabriela e Vitória Lemos aproveitaram para buscar seus livros

Isabela, Gabriela e Vitória Lemos aproveitaram para buscar seus livros


/CLAITON DORNELLES /JC
Que a Feira do Livro é um espaço múltiplo, para crianças e adultos, não é novidade. Tradicionalmente, o evento literário é o momento perfeito para os pais instigarem os pequenos a adquirir o hábito pela leitura. A já movimentada área infantil ganha o apoio do Teatro Carlos Urbim nas atividades de contação de histórias, teatro e leituras voltadas para os pequenos.
Neste ano, uma parceria entre o Jornal do Comércio e a Editora Cassol intensifica essa relação. A promoção tem levado leitores diariamente para trocar os vouchers na banca da editora na Feira do Livro. Cinco títulos estão disponíveis: O aniversário da Bruxa Kika; A Menina do Cabelo Roxo e o Chá das Maravilhas; A casa que o lobo fez; Era uma vez... Uma fruta amarela; e Marieta em coração de namorado.
Os livros são direcionados a crianças de 0 a 10 anos. As irmãs Isabela (3 anos), Gabriela (7 anos) e Vitória Lemos (10 anos) optaram pelos títulos O aniversário da Bruxa Kika; A Menina do Cabelo Roxo e o chá das maravilhas; e Marieta em coração de namorado, respectivamente.
Empolgadas com sua primeira visita à Feira do Livro, as meninas foram retirar os exemplares com os avós Rui e Natália Lemos - ambos ficaram felizes de as netas terem a oportunidade de sair com mais livros da feira.
O chamariz para a crianças, claro, é a Menina do Cabelo Roxo. Como personagem, ela nasceu em 2011 - a escritora Léia Cassol já contava histórias com o cabelo tingido antes disso, mas o personagem ficou fixo a partir da identificação com o público infantil: "as crianças olham e lembram na hora do personagem do livro", conta Léia Cassol.
Na semana passada, Léia ficou três horas autografando na feira. Neste domingo, a cena pode se repetir: ela autografa o mais novo lançamento da personagem - A Menina do Cabelo Roxo no Reino de Oz, a partir das 15h30min. "Já fiquei quatro horas atendendo aos autógrafos. Adoro esse contato com os leitores", avisa ela, contente.
Para participar, os leitores do JC devem trocar os vouchers até 19 de novembro. É preciso preencher com nome, telefone, e-mail e CPF. O limite é de uma publicação por CPF. O voucher está disponível no jornal impresso e no site do jornal (veja imagem abaixo) durante o período da feira. Também é possível retirar o livro apenas mostrando o voucher na tela do celular, sem imprimi-lo.

Voucher

{'nm_midia_inter_thumb1':'http://jcrs.uol.com.br/_midias/jpg/2017/11/01/206x137/1_cupom_1667799-1668406.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'59fa01929047b', 'cd_midia':1668406, 'ds_midia_link': 'http://jcrs.uol.com.br/_midias/jpg/2017/11/01/cupom_1667799-1668406.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '199', 'align': 'Left'}
clique na imagem para ampliar o voucher e imprima

Agenda da praça

Sexta-feira
  • 16h30min: Debate sobre oficina de criação literária. Com Alcy Cheuiche. No Auditório Barbosa Lessa do Ccccev.
  • 17h30min: Evoluir, de Caio Tomazeli (LiquidBook). Na praça de autógrafos.
  • 19h: Violência e mundialização: políticas, polícias e pena, de José Vicente Santos (coord.) Tomo Editorial. Na praça de autógrafos.
Sábado
  • 9h: Seminário Ages: Os cantares da poesia - Vida e obra de Maria Carpi. Na Sala Oeste do Santander Cultural. Inscrições pelo e-mail caioriter@uol.com.br.
  • 17h: Relatos insólitos de Porto Alegre. Bate-papo com Rafael Guimaraens. Na Sala Leste do Santander Cultural.
  • 17h30min: O sofrimento é opcional, de Monja Coen. Na praça de autógrafos.
  • 17h30min: Tudo que é belo é efêmero, de Maria Carpi. Na praça de autógrafos.
Domingo
  • 14h30min: O coelho e o menino, de Lourenço JR Torresini. Editora Medianiz. Na praça de autógrafos.
  • 18h: Presença nórdica: Carl Jóhan Jensen. No Auditório Barbosa Lessa do Ccccev.
  • 19h30min: Lambuja, de Caco Belmonte (Editora Metamorfose). Na praça de autógrafos.
  • 18h: Indústria Chamamé, de Carlos Lezcano e Juan Pedro Zubieta. Na Sala Oeste do Santander Cultural.
     
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia