Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de outubro de 2017. Atualizado às 23h35.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

STF

Notícia da edição impressa de 11/10/2017. Alterada em 10/10 às 23h32min

Turma do STF livra Eike Batista de prisão domiciliar

A segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que o empresário Eike Batista fique em casa durante as noites e aos fins de semana e feriados. Com isso, Eike fica livre de cumprir prisão domiciliar - quando não pode sair de casa mesmo durante o dia. A decisão foi tomada nesta terça-feira, quando os magistrados julgaram o habeas corpus concedido por Gilmar Mendes a Eike em abril.
Além de cumprir recolhiento domiciliar noturno, Eike deve comparecer periodicamente ao juiz e entregar o passaporte à Justiça. Eike e seu braço-direito, Flávio Godinho, foram presos em janeiro na Operação Eficiência sob a suspeita de lavar US$ 16,5 milhões em esquema de pagamento de propinas ao ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) entre 2010 e 2011. Em fevereiro, eles foram denunciados por corrupção e lavagem de dinheiro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia