Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 09 de outubro de 2017. Atualizado às 12h16.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

espanha

Alterada em 09/10 às 12h16min

França não irá reconhecer independência da Catalunha, diz ministra

A ministra de Relações Exteriores da França, Nathalie Loiseau, disse hoje que o país não irá reconhecer a Catalunha se a região cumprir a ameaça de se declarar independente da Espanha. Em plebiscito não autorizado pelo governo espanhol, no último dia 1º, a Catalunha votou por sua secessão.
Loiseau, que falou ao canal francês CNews, disse que se houver uma declaração, "será unilateral e não será reconhecida".
O presidente regional da Catalunha, Carles Puigdemont, pretende discursar no Parlamento local na noite desta terça-feira (pelo horário local) para debater a atual situação política.
Separatistas catalães dizem que a declaração de independência será anunciada na sessão de amanhã, embora integrantes da coalizão governista aleguem que o gesto será meramente simbólico. Localizada no nordeste da Espanha, a Catalunha é a região mais rica do país e tem cerca de 7,5 milhões de habitantes.
Segundo Loiseau, a eventual declaração resultaria na retirada imediata da Catalunha da União Europeia, que é formada por 28 países.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia