Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de outubro de 2017. Atualizado às 15h16.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

clima

12/10/2017 - 12h25min. Alterada em 12/10 às 15h18min

Chuva incessante em Porto Alegre já bate média histórica de outubro

Chuva segue sobre a Capital gaúcha neste feriado e na sexta-feira

Chuva segue sobre a Capital gaúcha neste feriado e na sexta-feira


CLAITON DORNELLES /JC
A chuva que segue atingindo Porto Alegre neste feriado de Nossa Senhora Aparecida já registra volume de 120 milímetros, superando a média histórica de outubro, que é de 114,30 milímetros. Já chove há quase 70 horas na Capita gaúcha.
Na noite da quarta-feira (11), houve uma pausa na chuva, mas o ar quente que elevou a temperatura a 34ºC no Noroeste do Estado ganhou força e consolidou a instabilidade sobre o Rio Grande do Sul neste feriado de Nossa Senhora Aparecida.
De acordo com o Sistema Ceic Metroclima, as precipitações continuam no feriado e na sexta-feira (13), em parte do dia, mas da tarde para a noite a instabilidade cede, e melhora deve ser gradual no sábado (14). Ainda assim, não está descartada a possibilidade de chuva ou garoa residual em algum momento do fim de semana.
Na terça e na quarta-feira, o trânsito de Porto Alegre ficou complicado em razão dos alagamentos e do acúmulo de água em diversas vias. O alerta de cuidado aos motoristas segue valendo, e não está descartada a possibilidade de granizo na Capital e em outras cidades gaúchas.

Vinte e três cidades já decretaram situação de emergência no RS

Segundo boletim da Defesa Civil gaúcha emitido na tarde desta quinta-feira, 67 municípios foram atingidos pelas fortes chuvas no Estado e 23 decretaram situação de emergência. Após os eventos meteorológicos, algumas cidades informaram sobre a incidência de granizo.
Maçambará, Passo Fundo, Porto Xavier, Santa Maria e Santo Ângelo registraram moradias afetadas. Salto do Jacuí, Estrela Velha, Itaara e Sobradinho, também registraram granizo, no entanto, sem moradias afetadas. Coordenadorias locais cuidam dos casos, juntamente ao auxílio do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.
Até o momento, mais de 4,4 mil residências foram atingidas e uma família estado desalojada no Estado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia