Tiana Hintz, Patrícia Almeida (no centro) e Tiago Hintz, sócios da Cake Circle Patrícia Almeida, sócia da Cake Circle Foto: FREDY VIEIRA/FREDY VIEIRA/JC

O que fazer quando o negócio bomba e você não consegue dar conta?

Patrícia Almeida, sócia da Cake Circle

"Primeiramente, é preciso manter a relação de transparência com o cliente, que espera o melhor de você, que você esteja preparado. Mas percebemos que, se você trata a situação com sinceridade e transparência e divide a sua dificuldade, as pessoas tendem a compreender, fortalecendo o vínculo de confiança na sua empresa e na sua marca. Segundo, você precisa ser ágil em estabelecer ações de curto prazo que amenizem a situação, como melhorias no seu processo, contratação de temporários, entre outras possibilidades. Quando a Cake Circle passou por isso, fizemos pequenos ajustes nos processos produtivo e de atendimento que trouxeram grande benefício à operação. Por último, é importante refletir se esse momento de 'boom' é temporário ou não, e o quanto disso vai permanecer para, assim, tomar medidas definitivas em relação ao seu negócio, tais como realizar novos investimentos ou até pensar em expansão."
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio