Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de outubro de 2017. Atualizado às 23h26.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Fórmula 1

Notícia da edição impressa de 13/10/2017. Alterada em 12/10 às 23h23min

Williams pode ficar ainda mais para trás em 2018, alerta Massa

O segundo semestre da Fórmula 1 está dando motivos para Williams e Force India, quarta e quinta colocadas, respectivamente, se preocuparem em relação à temporada de 2018. Afinal, com orçamentos bem maiores, Renault e McLaren dão sinais de recuperação e têm tudo para, não apenas comprometer os resultados dos dois times em um futuro próximo, mas também impactar negativamente em sua situação financeira.
No caso da Williams, o orçamento já é um problema para 2018, uma vez que perdeu dois patrocinadores. Tanto que Felipe Massa, que não leva dinheiro para a equipe e teria de aceitar uma diminuição em seu salário para permanecer, está analisando a situação. "O carro, toda a parte mecânica, é o que vai contar mais, porque sabemos que temos um bom motor. Então temos que ver se essas equipes vão conseguir fazer um carro bom. Sem dúvida estou analisando bastante o que eles estão fazendo para o ano que vem até em relação ao meu futuro", disse Massa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia