Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de outubro de 2017. Atualizado às 23h21.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

eliminatórias da copa

Alterada em 10/10 às 23h25min

Trinidad e Tobago vence e deixa EUA fora da Copa; Panamá vai ao 1º Mundial

Christian Pulisic sofre com a marcação de Kevon Villaroel

Christian Pulisic sofre com a marcação de Kevon Villaroel


Luis ACOSTA
A última rodada das Eliminatórias da Concacaf para a Copa do Mundo de 2018 reservou surpresas e momentos históricos, na noite desta terça-feira. Geralmente favorito na disputa, os Estados Unidos foram surpreendidos por Trinidad e Tobago e estão fora da Copa. Já o Panamá disputará um Mundial pela primeira vez A seleção de Honduras vai disputar a repescagem.
O Panamá ficou com a terceira vaga da Concacaf ao vencer a Costa Rica, já classificada, por 2 a 1, em casa. Gabriel Torres e Roman Torres marcaram os gols da virada dos panamenhos. O gol de Roman saiu somente aos 42 minutos do segundo tempo. Johan Venegas abrira o placar para a Costa Rica.
Com a vitória, o Panamá chegou aos 13 pontos, atrás somente da Costa Rica, com 16, e do México, com 21. Os dois primeiros colocados entraram em campo nesta noite já classificados para o Mundial de 2018. A seleção do Panamá disputará uma Copa pela primeira vez.
A classificação só foi possível por causa da inesperada derrota dos Estados Unidos para a modesta equipe de Trinidad e Tobago, sexta e última colocada da tabela. Jogando em casa, na cidade de Couva, a seleção de Trinidad abriu o placar com gol contra de Omar Gonzalez, aos 17 minutos de jogo. Alvin Jones anotou o segundo, aos 37.
No começo do segundo tempo, Christian Pulisic descontou para a equipe norte-americana, aos 3 minutos. Mas a reação dos visitantes parou por aí, apesar da forte pressão nos minutos finais. A vitória deixou o time da casa com seis pontos, totalmente fora da disputa já desde as últimas rodadas, e impediu a classificação norte-americana.
O time dos EUA estacionou nos 12 pontos e ficou em quinto lugar, fora da zona de classificação - a seleção não ficava fora de uma Mundial desde 1986. Ficou atrás até de Honduras, que surpreendeu e obteve o quarto lugar (13 pontos), que dá vaga na repescagem, ao vencer o México por 3 a 2. Alberth Elis, Guillermo Ochoa, contra, e Romell Quioto marcaram os gols dos anfitriões. Oribe Peralta e Carlos Vela anotaram para o time mexicano.
Na repescagem, a seleção de Honduras vai disputar a vaga na Copa contra a Austrália, que eliminou a Síria em outra disputa de repescagem, nesta terça. Os confrontos de ida e volta serão disputados em novembro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia