Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 04 de outubro de 2017. Atualizado às 15h45.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Marketing Esportivo

03/10/2017 - 15h34min. Alterada em 04/10 às 15h49min

Corinthians e Grêmio lideram a lista dos clubes de futebol mais valiosos da América

Título da Copa do Brasil alavancou o valor da marca 'Grêmio'

Título da Copa do Brasil alavancou o valor da marca 'Grêmio'


LUCAS UEBEL/LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Atenção, esta nota está desatualizada leia a matéria:
Forbes retifica lista dos clubes mais valiosos: Palmeiras é o segundo, Grêmio o terceiro
Avaliado em US$ 576,9 milhões, o Corinthians é, disparado, o clube de futebol mais valioso de todo o continente. O segundo colocado é o Grêmio, com valor de US$ 295,5 milhões. A informação consta no ranking anual da edição mexicana da revista Forbes.
Para o levantamento, a Forbes analisou dados de mais de 150 clubes de futebol que disputam as 15 principais ligas de primeira divisão do continente americano. O levantamento considera o valor do plantel dos times, o valor da marca e o custo de seu estádio de futebol.
O terceiro colocado do ranking é o Chivas Guadalajara, do México, avaliado US$ 279,8 milhões; o quarto é o Monterrey, também do México, com US$ 269,1 milhões; e na quinta colocação aparece o New York Red Bulls, dos Estados Unidos, com US$ 238,5 milhões.
Na lista dos 50 clubes divulgada, a maioria são norte-americanos (13 no total). O México é representado por 12 clubes e o Brasil por 11. A lista inclui ainda agremiações da Argentina, Colômbia, Chile, Canadá, Peru e Equador (onde o mais valioso é o Barcelona, próximo adversário do Grêmio na semifinal da Libertadores).
A reportagem destaca que o Corinthians é a única equipe da América que tem valor de mercado compatível com o de clubes europeus. Do Grêmio, a Forbes destaca dados do site Finance Football, que apontam ser o clube brasileiro que mais vende camisas no Brasil e projeta que o título da Copa do Brasil no ano passado e o planejamento da temporada 2017 fez ampliar as receitas em mais de US$ 25 milhões.
Além de Corinthians e Grêmio estão na lista São Paulo (13º), Flamengo (17º), Atlético Mineiro (19º), Cruzeiro (20º), Santos (23º), Fluminense (28º), Vasco da Gama (30º), Vitória (39º) e Sport Recife (45º). O Palmeiras, que em 2016 era o segundo da lista, não aparece no Top 50. O Inter, 17º no ano passado, não foi avaliado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia