Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de outubro de 2017. Atualizado às 23h35.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado de Capitais

Notícia da edição impressa de 11/10/2017. Alterada em 10/10 às 21h25min

Oferta da Vulcabras Azaleia pode girar até R$ 826 milhões

O período de reserva para a oferta de ações da Vulcabras Azaleia se iniciou nesta terça-feira e vai até o dia 23 de outubro. No dia seguinte, 24, será encerrado o procedimento de bookbuilding quando será definido o preço da ação, cuja faixa indicativa é de R$ 8,50 a R$ 10,50.
A quantidade de ações na oferta, para sua "reestreia" na bolsa brasileira, é de 60.526.000 em distribuição primária (novas ações) e 7.894.000 na secundária (dos vendedores), e o montante pode ser acrescido em até 15% em lote suplementar.
Esse lote, de até 10.263.000 ações, prevê a venda por parte dos fundos de investimento L4E (de 500.000 ações), Suez (1.000.000), FIM (1.500.000) e PGB (7.263.000).
Se exercido integralmente o lote suplementar e com o preço no teto da faixa indicativa, a oferta pode girar até R$ 826 milhões. A oferta de varejo será de no mínimo 10% e no máximo 15% da totalidade das ações.
O início de negociação das ações no segmento Novo Mercado da B3 está previsto para 26 de outubro. Os bancos coordenadores são Credit Suisse (líder), Bradesco BBI, BTG Pactual e BofA Merrill Lynch.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia