Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 02 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Feira do Livro

Notícia da edição impressa de 03/11/2017. Alterada em 01/11 às 18h07min

Escritores nórdicos participam da Feira do Livro de Porto Alegre

Kim W. Anderson é autor da cultuada HQ Alena

Kim W. Anderson é autor da cultuada HQ Alena


/KARTAGO/DIVULGAÇÃO/JC
Ensaístas, romancistas e quadrinistas de países nórdicos começam a chegar em Porto Alegre neste fim de semana. A região que contempla Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia é homenageada pela Feira do Livro deste ano. O evento receberá uma delegação com 11 escritores e intelectuais vindos destes países até o dia 19 - e quatro deles têm atividades nos próximos dias. A maior parte das atividades ocorre no Auditório Barbosa Lessa do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (Andradas, 1.223), com entrada franca.
Na sexta-feira, por exemplo, a atração é o pesquisador norueguês Dag Øistein Endsjø. Ele apresenta o resultado de um estudo sobre a variedade de concepções religiosas sobre a sexualidade - partindo do cristianismo, judaísmo, hinduísmo, islamismo e budismo e estendendo-se às seitas modernas. O autor de Sexo & religião - do baile das virgens ao sexo sagrado homossexual participa de conferência às 15h, no Auditório Barbosa Lessa.
O mesmo local recebe no dia seguinte, a partir das 16h30min, Kim W. Anderson. O autor é conhecido pela HQ Alena, vencedora do maior prêmio de quadrinhos da Suécia e adaptada para o cinema no mesmo país. A narrativa - publicada no Brasil neste ano - gira em torno de uma menina que sofre bullying no colégio. Josefin, a melhor amiga da protagonista, a intima a dar o troco - ou ela mesmo o fará. A obra ainda traz um outro elemento na trama: Josefin morreu há um ano.
Christina Rickardsson já palestrou no TedX e sua história teve grande repercussão na imprensa sueca. A autora nasceu no Brasil e viveu seus primeiros cinco anos em uma caverna no parque estadual do Biribi, em Diamantina. Também morou em uma favela em São Paulo antes de ir para um orfanato e ser adotada por suecos. Em sua participação na Feira do Livro, ela divulga um livro sobre sua vida: Nunca deixe de acreditar. O encontro com o público acontece domingo, às 18h, na Sala Oeste do Santander Cultural (Sete de setembro, 1.024).
Conforme Marco Lopes, presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, a passagem dos autores por Porto Alegre é uma oportunidade para trocas e aprendizados. "A feira proporciona essa aproximação para que se comece a publicar mais coisas desses países aqui e para que nossos autores sejam mais visados por lá. É uma porta que se abre", constata. "A literatura está em uma ascendente muito grande por lá. Eles têm muito para nos ensinar em termos de educação, formação de leitores e de escritores", completa.
Gustav Fridolin é ministro da Educação da Suécia. Ele vai compartilhar aspectos relacionados à educação e à cultura em seu país. A atividade acontece a partir das 14h de domingo, também no Santander Cultural, e terá participação da comitiva sueca que está na Capital.
Um dos autores mais aguardados pelo público cancelou sua participação. David Lagercrantz, responsável por dar continuidade à série Millenium, saga best-seller criada pelo já falecido Stieg Larsson, não virá à capital gaúcha.
Como atividade complementar, dois longas noruegueses e cinco suecos - todos baseados em obras literárias - compõem uma mostra de filmes no Cine Santander Cultural. As sessões ocorrem até o dia 19, em sessões das 19h. A programação nórdica volta a acontecer no fim de semana que vem.

Agenda da praça

Sexta-feira
  • 16h30min: Literatura soviética para brasileiro ler. Debate na Sala Oeste do Santander Cultural.
  • 17h: Minhoquices - contação de histórias com Léia Cassol. No QG dos Pitocos.
  • 18h30min: Arquitecrônicas (Libretos), de Cesar Dorfman. Na praça de autógrafos.
Sábado
  • 15h30min: Trilogia da Quântica (AGE), de Moacir Costa de Araújo Lima. Na praça de autógrafos.
  • 16h30min: Elogio dos tratados sobre a crítica dos discursos (Libretos), de Rafael Escobar. Na praça de autógrafos.
  • 16h30min: III Encontro de Escritores Negros do Rio Grande do Sul. Na Sala O Retrato do CCCEV.
Domingo
  • 14h: Quadrinhos, zines e cultura pop: atividades até 19h na Tenda de Pasárgada.
  • 18h30min: O guardião da chave dourada (editora Metamorfose), de Airton Ortiz. Na praça de autógrafos.
  • 18h: Scliar: uma bio e muitas histórias. Bate-papo no Auditório Barbosa Lessa do CCCEV.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia