Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 11 de outubro de 2017. Atualizado às 12h16.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Feira do Livro

11/10/2017 - 12h13min. Alterada em 11/10 às 12h19min

Valesca de Assis é escolhida patrona da 63ª Feira do Livro de Porto Alegre

Valesca (e) sucede Cíntia Moscovich no patronato da edição deste ano da Feira

Valesca (e) sucede Cíntia Moscovich no patronato da edição deste ano da Feira


LUIS VENTURA/DIVULGAÇÃO/JC
Stéphany Franco
A escritora gaúcha Valesca de Assis foi anunciada, nesta quarta-feira (11), como a patrona da 63ª Feira do Livro de Porto Alegre. O anúncio foi feito por Cintia Moscovich, patrona da Feira em 2016, em evento no Master Preminum Grande Hotel, no Centro Histórico da Capital.
Durante discurso, Cintia destacou a felicidade em ver mais uma mulher como anfitriã do evento. Para Valesca, foi uma grande surpresa ser escolhida como patrona, principalmente devido à concorrência. "Estou muito feliz e peço a ajuda de todos vocês. Farei o possível para prestigiar todos os autores que estarão presentes na Feira".
Valesca de Assis foi eleita patrona exatamente 20 anos após o seu marido, o autor Luiz Antonio de Assis Brasil, que foi patrono da 43ª Feira do Livro de Porto Alegre, em 1997. "Eu acredito que a leitura pode salvar o nosso país, pois ela abre os nossos horizontes", afirmou Valesca, que acredita que a leitura é capaz de ajudar na saúde e no crescimento da população.
A patrona é natural em Santa Cruz do Sul, cursou a faculdade de filosofia na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). É professora de história especializada em Ciências da Educação e ministrante de oficinas de escrita criativa. Estreou como escritora em 1990, com a publicação de A Valsa da Medusa,e já havia sido indicada como patronável em 2015.
Para o presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, Marco Cena, a Feira do Livro de Porto Alegre de 2017 vai ser menor do que as edições anteriores, devido à falta de recursos. "O importante é que teremos Feira mesmo com as diversas dificuldades que encontramos ao longo do caminho", reflete.
Apesar da crise financeira que o Estado enfrenta, Cena acredita que a Feira do Livro vai continuar crescendo, mesmo que a alta não se reflita nas vendas. "O nosso principal objetivo é aumentar o número de leitores, se isso acontecer já ficamos satisfeitos. É claro que as vendas são importantes, mas não é só isso que buscamos", afirmou.
Para tentar driblar a crise, a Câmara Rio-Grandense do Livro diz que a "ordem" desta edição é que os livros sejam mais acessíveis para a população. Segundo o presidente da Câmara, "o parcelamento dos salários, tanto para os servidores do Estado quanto do Município deve afetar consideravelmente as vendas neste ano".
A patrona concorreu ao posto com os escritores Luís Dill, Celso Gutfreind, Caio Riter e André Neves. A 63ª Feira do Livro de Porto Alegre acontece entre os dias 1º e 19 de novembro, na Praça da Alfândega. O evento é dividido em Área Geral, Internacional, Infantil e Juvenil. Palestras, workshops e outras atividades ocorrerão no Santander Cultural, Memorial do Rio Grande do Sul (Margs), Centro Cultural CEEE Erico Verissímo e no Auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa.
Entre os destaques da programação deste ano, estão Conceição Evaristo, Pilar del Río, Otavio Jr., Daniel Munduruku, Sergio Vaz, Ondjaki, Ricardo Araújo Pereira, Rosana Rios e Manuel Filho, entre dezenas de outros convidados, além de uma comitiva de doze autores dos países nórdicos, região homenageada pelo evento. Todas as atividades têm entrada gratuita.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia