O local, que funciona no Centro, é comandado por Luzia e Maria Evana Luzia e Maria Evana comandam o Sabor do Pará, trazendo ao Sul a rica gastronomia do Norte Foto: Fotos MARCO QUINTANA/JC

Restaurante traz gastronomia paraense a Porto Alegre

Sabor do Pará serve pratos originais paraenses e promove a rica gastronomia do Norte no Rio Grande do Sul

Você já comeu caruru, tacacá ou maniçoba? Já tomou suco de murici? Já saboreou um bom creme de cupuaçu? Esses pratos, tipicamente do Norte do Brasil, podem até parecer difíceis de se encontrar no Rio Grande do Sul, mas quem já foi até o Sabor do Pará, inaugurado recentemente, sabe que o restaurante traz para o Sul o gostinho do Norte.
Aberto em junho na Rua Desembargador André Da Rocha, 213, no Centro Histórico de Porto Alegre, o lugar recebe seus ingredientes semanalmente, vindos de avião diretamente do Pará. Assim, os pratos servidos têm o gosto original dos feitos no estado nortista. A proprietária e cozinheira Luzia Araújo Viena atesta o sabor: "Servimos exatamente como servem lá, com os mesmos ingredientes, os mesmos acompanhamentos", explica. Luzia, paraense de 53 anos, mora em Porto Alegre há 6 anos, e busca divulgar aqui a cultura e a gastronomia de seu estado.
Pratos curiosos, como a maniçoba, uma espécie de "feijoada" paraense em que o feijão é substituído pela folha da mandioca-brava, chamam a atenção. Para quem não conhece, Luzia conta que a folha é triturada e cozida por oito dias para que se retire da planta o acido cianídrico, que é venenoso. Depois disso, se acrescentam carne de porco e outros ingredientes defumados. 
Enriquecido com a variedade de sabores e ingredientes da gastronomia paraense, o Sabor do Pará acaba sendo não apenas um lugar para quem quer conhecer a culinária nortista, mas funciona também como ponto de encontro para quem busca matar a saudade da sua terra. Paraenses de passagem ou moradores de Porto Alegre se encontram no local, que se transforma em uma comemoração e troca de experiências ao som do carimbó, música tradicional nortista. "O prato que mais sai aqui é o tacacá, justamente porque servimos muitos paraenses que querem vir comer algo que os lembrem da sua origem", explica Luzia.

Pratos são carro-chefe da casa, que também vende produtos regionais

Produtos como cachaça de jambu e molho tucupi também são vendidos no Sabor do Pará
Conforme a funcionária e assessora do local Maria Evana Ribeiro, paraense de 40 anos e moradora de Porto Alegre há 16 anos, o maior investimento do restaurante é na logística. "Buscamos montar um ambiente que remonte à simplicidade da nossa terra. Lá, esses pratos são servidos em diversos lugares, até na rua. Então, o investimento mesmo foi feito para garantir os ingredientes originais do Pará. Recebemos jambu, tucupi, farinha de tapioca, tudo de lá", explica.
E além de servirem os pratos paraenses, as duas ainda vendem produtos típicos da região amazônica. Não é raro encontrar quem vá ao Sabor do Pará atrás de farinha d'água, cachaça de jambu e molho tucupi. Elas ainda servem na casa o açaí in natura, sem misturas, além de sucos naturais, tapiocas e peixes. 
O restaurante - que funciona de sextas a domingos, das 11h às 19h, e deve expandir o horário de atendimento em breve - foi aberto em Porto Alegre em parceria com o projeto cultural O Pará Tá Aqui, que homenageia e divulga entre os paraenses e demais brasileiros a rica cultura daquele estado. O projeto ainda está organizando em Porto Alegre, pela primeira vez, uma balada tipicamente paraense, que deve acontecer no dia 5 de outubro, no In Sano Pup, trazendo ritmos do brega, tecno e melody, tudo regado a muita cachaça de jambu. 
Compartilhe
Comentários ( 1 )
  1. Tnia Kazuco

    Eu estive, neste local, amei, tomei tacac e me senti como se eu estivesse em casa. Muito bom o tacac, mas pra mim faltou um pouquinho mais de goma kkk. Parabns amadas!! Sucesso!!

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio