Porto Alegre, segunda-feira, 11 de setembro de 2017. Atualizado às 21h31.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Furacão Irma provoca destruição no sul da Flórida; 4,5 milhões ficaram sem luz nos EUA

O Irma, que chegou a ser classificado como furacão de categoria 5, foi rebaixado nesta segunda-feira (11) para tempestade tropical enquanto avança pelo Estado da Florida, nos Estados Unidos. Segundo autoridades norte-americanas, aproximadamente 4,5 milhões de casas e empresas ficaram sem energia elétrica na Florida. Na manhã de domingo (10), o Irma atingiu a área de Florida Keys como furacão de categoria 4. Quase 6,3 milhões de pessoas receberam ordem para abandonar suas casas em todo o Estado."Os barcos estão literalmente quebrados, as palmeiras estão no chão, as linhas de energia elétrica estão caindo", disse por telefone ao canal CNN a socorrista Maggie Howes. O presidente americano, Donald Trump, declarou estado de catástrofe natural na Flórida, medida que permite ao governo desbloquear verbas e recursos federais suplementares para socorrer a península afetada pelo Irma.
 

FOTO SPENCER PLATT/GETTY IMAGES/AFP/JC