Porto Alegre, segunda-feira, 11 de setembro de 2017. Atualizado às 12h46.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Terremoto deixa aos menos 90 mortos e centenas de feridos no México

Um terremoto de 8,2 graus na escala de Richter deixou o México em situação de emergência na última quinta-feira (7). O fenômeno é o mais forte registrado no país em 32 anos. Diversos municípios do sul do país acordaram na sexta-feira entre escombros, edifícios danificados, sem abastecimento de água e energia elétrica. Segundo as autoridades, o terremoto causou cerca de 90 mortes. O presidente Enrique Peña Nieto declarou luto nacional de três dias.  De acordo com o governador de Oaxaca, Alejandro Murat, o Estado teve a metade de suas casas danificadas. Réplicas do terremoto, incluindo uma de magnitude 5,2 na manhã de domingo, continuaram abalando as cidades e fazendo com que a população durma a céu aberto com medo de desmoronamentos. 
 

FOTO RONALDO SCHEMIDT/AFP/JC