Porto Alegre, sexta-feira, 08 de setembro de 2017. Atualizado às 19h19.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Após articulação para assinar o acordo, Maia chora

O presidente da República em exercício, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chorou nesta terça-feira (5) ao assinar o decreto que firma o acordo de recuperação fiscal de seu Estado, o Rio de Janeiro, após uma série de articulações de bastidores para acelerar o processo. Em cerimônia fechada no Planalto, Maia disse que o texto que permitirá ao Rio obter R$ 3,5 bilhões de ajuda financeira da União era o "único caminho" para salvar o Estado de um colapso financeiro e que é preciso enfrentar a agenda econômica do governo, inclusive com a aprovação da reforma da Previdência, "sem populismo, sem demagogia, sem discursos falsos".
 

FOTO JBatista/Camara dos Deputados/Fotos Públicas/Divulgação/JC