Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de setembro de 2017. Atualizado às 11h20.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Brasileirão - Série B

Notícia da edição impressa de 28/09/2017. Alterada em 28/09 às 00h18min

Cada vez mais líder

Nico López entrou para marcar o gol da vitória

Nico López entrou para marcar o gol da vitória


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
O Inter enfrentou ontem, no Beira-Rio, o seu mais difícil adversário na Série B do Campeonato Brasileiro. Quem foi ao estádio pôde ver que a qualidade apresentada pelo América-MG de Enderson Moreira era superior a apresentada por qualquer outro oponente, inclusive por aqueles para quem o time perdeu. Pois o Colorado venceu sua mais desafiadora batalha por 2 a 1, se isolou na liderança da competição, e se aproximou ainda mais do objetivo maior: voltar à Série A em 2018.
Tocando a bola com calma, quando preciso, e acelerando o jogo, se necessário, os mineiros demonstravam ter mais lucidez nas tentativas de chegada à frente. O futebol, porém, não é feito apenas de obediência tática. A qualidade técnica dos jogadores pesa bastante e foi por meio dela que o Inter abriu o placar aos 27 minutos. D'Alessandro recebeu de Sasha no lado esquerdo da área adversária, cortou para a perna direita, e colocou na cabeça de Edenílson, que subiu mais que a defesa para fazer o 1 a 0.
Os visitantes não se abateram e chegaram ao empate 12 minutos depois. Luan recebeu pela esquerda, entrou na área e bateu forte para encobrir Danilo Fernandes e igualar o marcador.
Logo a um minuto no segundo tempo, o Inter mostrou que o empate não era um bom resultado. Após cruzamento de Alemão, Pottker subiu alto e cabeceou para acertar a trave de João Ricardo. Os gaúchos tentaram pressionar nos minutos iniciais e os mineiros levaram perigo nos contra-ataques. Aos 12 minutos, após grande jogada com troca de passes, Edno finalizou de dentro da área e Danilo Fernandes salvou.
Com maior domínio no segundo tempo, o time de Guto Ferreira, porém, pecava na pressa, o que resultava em muitos erros em suas tentativas ofensivas. Aos 26 minutos, o treinador fez a mudança que traria a alegria aos 36 mil colorados que foram ao estádio: Nico López entrou no lugar de Sasha.
O uruguaio precisou de 14 minutos para desempatar o confronto. Aos 40, ele recebeu passe de cabeça de Camilo pela esquerda da área e bateu com a perna direita em diagonal para fazer o 2 a 1.
Nos minutos finais, o América tentou empatar mais uma vez - e quase conseguiu aos 49 em chute de Luan que "lambeu" a trave. A vitória solidifica o Inter na liderança e mostra que o colorado quer voltar para a elite nacional levantando uma taça no final do ano.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 28/09/2017 10h57min
PARABÉNS COLORADOS, VENCEMOS UM GRANDE TIME !!!nnEstou feliz pelo fato do Internacional ter vencido por 2x1, mas sei que ter empatado ou perdido, que não seria anormal considerando a força do grande time do vice líder América-MG. O jogo de ontem poderia ter sido mais tranqüilo caso as enumeras oportunidades de GOLS fosse melhores aproveitadas, principalmente pelo Pottker e o afobado e desajeitado Charles, ainda que bem vencemos. Este tipo de jogo lá e cá sempre deixa os torcedores angustiados, por que sabemos que os nossos jogadores continuam errando muito, e isto para mim é terrível de ver e não poder fazer nada para ajudar. Foi o melhor jogo neste 2º turno dentro do Beira-Rio, parabéns a todos os jogadores especialmente ao volante Edenilson, que já estava merecendo o seu primeiro GOL, e ao nosso goleador Nico López. Para finalizar vou ser repetitivo, ainda bem que os adversários estão errando muito mais do que nós Colorados, se não, não seríamos líderes isolados da Série B. Abs. Dorian Bueno Google + Plus, POA, 28.09.2017 nn