Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 12 de setembro de 2017. Atualizado às 19h53.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

libertadores

12/09/2017 - 19h55min. Alterada em 12/09 às 19h57min

Luan e Geromel não treinam, mas Portaluppi faz mistério sobre dupla no Grêmio

Portaluppi dribla jogadores do Grêmio no treino no Estadio Nilton Santos, no Rio de Janeiro

Portaluppi dribla jogadores do Grêmio no treino no Estadio Nilton Santos, no Rio de Janeiro


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
O técnico Renato Portaluppi comandou nesta terça-feira o último treino antes da partida do Grêmio contra o Botafogo, nesta quarta, às 21h45, no estádio do Engenhão, no Rio, pela rodada de ida das quartas de final da Copa Libertadores. A atividade foi realizada no próprio local do duelo e serviu para reconhecer o gramado antes do importante duelo. Mas tanto o zagueiro Pedro Geromel quanto o atacante Luan não participaram do treino e deram indícios de que podem ser desfalques.
Afastado há um mês por causa de uma lesão muscular na coxa direita, o zagueiro havia trabalhado normalmente ao lado dos companheiros no treino da última segunda-feira, mas apenas correu em volta do gramado nesta terça e não participou da atividade com bola.
A situação de Luan é ainda mais difícil. Com um edema no músculo anterior da coxa direita, o atacante ficou apenas no hotel fazendo tratamento - como já ocorrera na última segunda-feira - e dificilmente enfrentará o Botafogo.
Ainda assim, Renato Gaúcho optou pelo mistério. E assegurou que os dois podem entrar em campo nesta quarta-feira. "Nós temos ainda um pouco mais de 24 horas até a partida, então ninguém está descartado e ninguém está confirmado. Vamos aguardar até amanhã (quarta) e uma hora antes do jogo vocês vão saber. O Luan ficou no hotel, mas temos mais 24 horas. Vamos aguardar e amanhã a gente decide se ele vai jogar", despistou.
Questionado se a presença de Luan no hotel não seria um indicativo de sua indisponibilidade, Renato Gaúcho desconversou durante a entrevista coletiva. "Às vezes o jogador não treina com bola e faz outro tipo de trabalho", ponderou. "Dependendo do jogador vale a pena esperar até o último minuto se vai jogar ou não".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia