Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de setembro de 2017. Atualizado às 22h03.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura internacional

Alterada em 13/09 às 22h07min

Trump bloqueia compra da Lattice por fundo apoiado pela China

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, bloqueou uma tentativa de um fundo apoiado por Pequim de comprar a fabricante de chips americana Lattice, indicando que seu governo irá examinar minuciosamente o investimento chinês na tecnologia de semicondutores.
Trump deu um raro passo de intervenção pessoal na transação depois que as possíveis partes do acordo pediram que ele anulasse uma determinação anterior do Comitê de Investimento Estrangeiro nos EUA, um painel de várias agências que analisa os negócios para questões de segurança nacional. As empresas geralmente retiram negócios que não podem ganhar a aprovação do comitê antes que possam chegar à mesa do presidente para evitar uma provável rejeição da Casa Branca.
No entanto, o fundo Canyon Bridge Capital Partners, apoiado pelo governo chinês, e a Lattice Semiconductor Corp, com cede em Portland, lideraram uma luta pública inusitada para tentar salvar o acordo, que se tornou um pára-raios em uma batalha mais ampla entre os EUA e a China em tecnologia de chips e investimento estrangeiro direto no geral.
De acordo com uma declaração da Casa Branca, Trump acredita que a transação poderia arriscar a segurança nacional dos EUA devido à "transferência potencial de propriedade intelectual para o adquirente estrangeiro, ao papel do governo chinês em apoiar essa transação, à importância da integridade da cadeia de suprimentos de semicondutores ao governo dos EUA e ao uso dos produtos Lattive pelo governo americano".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia