Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de setembro de 2017. Atualizado às 16h43.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 13/09 às 16h47min

Governo quer abrir capital da Infraero, diz ministro dos Transportes

Agência Folhapress
O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, negou nesta quarta-feira (13) que o governo tenha uma proposta para privatizar a Infraero e disse que a ideia é abrir o capital da empresa. "Não há nenhuma proposta para privatização da Infraero. (A empresa) é fundamental para o país. É preciso adequação de pessoal, enxugamento da empresa, é preciso que a empresa se modernize", disse, durante audiência pública na Câmara dos Deputados.
Depois de dizer que o governo está "fazendo um estudo para apontar o melhor caminho para que a empresa fique sustentável", Quintella afirmou que a intenção é abrir o capital da empresa. Há divergência no governo em relação ao futuro da empresa. O tema gera controvérsias entre os ministérios do Transportes e do Planejamento.
Em julho, a Folha de S.Paulo mostrou que o Ministério do Planejamento quer a extinção da empresa até 2018. "É preciso que processo de concessões (dos aeroportos) caminhe, ao lado do processo de fortalecimento da empresa. O privado e o público podem conviver perfeitamente", disse Quintella.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia