Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de setembro de 2017. Atualizado às 12h26.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

indústria automotiva

Alterada em 11/09 às 12h26min

Emplacamento de implementos rodoviários cai 14,37% entre janeiro e agosto

O volume de implementos rodoviários emplacados de janeiro a agosto de 2017 está 14,37% abaixo do total vendido no mesmo período do ano passado. De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 11, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir), a indústria entregou 36,505 mil unidades ante 42,629 mil no mesmo período de 2016.
O mercado de Reboques e Semirreboques apresentou queda de 8,14% de janeiro a agosto de 2017. No período foram emplacados 15,290 mil produtos ante 16,645 mil no mesmo período do ano passado, com seis segmentos apresentando variação positiva: baú carga geral, carrega tudo, baú frigorífico, baú lonado, tanque carbono e tanque alumínio.
"O resultado com seis segmentos positivos ainda é tímido em face de nossas perdas acumuladas mas de qualquer forma é um bom alento porque são negócios concretos", afirmou Alcides Braga, presidente da Anfir. Mesmo assim a retração no volume total continua.
No mercado carroceria sobre chassis, a retração foi de 18,35%, com 21,215 mil contra 25,984 mil no mesmo período de 2016.
Para o presidente da Anfir, é necessária a criação de um cenário mais favorável ao acesso ao crédito. "Dinheiro para emprestar existe mas as condições para se tomar os recursos não são favoráveis à indústria", lamentou.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia